Nove rodovias que passam pelo Triângulo Mineiro devem ser privatizadas pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Governo de Minas.

Nove rodovias que passam pelo Triângulo Mineiro devem ser privatizadas pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Governo de Minas. O lote inclui rodovias como a BR-452 e MG-427. Segundo o governo do estado, entregar as administrações das estradas à iniciativa privada gera economia e permite a melhoria dos trechos.

O lote 1, que começa pelo Triângulo Mineiro, terá um total de 659Km entregues para empresas privadas. Desse modo, essas empresas devem investir aproximadamente R$ 2,7 bilhões em recapeamento, sinalização e possíveis duplicações e construções. Somente nesse trecho, o governo espera economizar R$ 21 milhões em gastos anuais com acidentes de trânsito na região.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato, a proposta prevê pedágio de R$ 0,13 por quilômetro. E, ainda, descontos a usuários que circulam todos os dias pelas estradas.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Nesse sentido, a licitação tem previsão para novembro deste ano e os locais de instalação das praças só serão definidos após esse procedimento. Além disso, uma consulta pública será realizada entre os dias 10 e 15 de junho para ouvir a opinião da população sobre o projeto.

A intenção do governo de Minas Gerais é que sejam privatizados 3 mil quilômetros de estradas que passam por 120 municípios. Apenas nas rodovias sob a responsabilidade do governo, gasta-se ,anualmente, cerca de R$ 366 milhões com acidentes fatais. Se houver feridos, o gastos são de R$ 698 milhões, e R$ 67 milhões com vítimas sem ferimentos.

Os trechos que serão privatizados ainda não foram definidos, mas incluem as seguintes rodovias:

BR-452

BR-365

CMG-452

CMG-462

LMG-782

LMG-798

LMG-812

MG-190

MG-427

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here