A Ford anunciou a criação de um novo centro global de excelência em baterias, o Ford Ion Park, em Michigan, nos EUA. Assim, a montador

A Ford anunciou a criação de um novo centro global de excelência em baterias, o Ford Ion Park, em Michigan, nos EUA. Assim, a montadora pretende realizar pesquisas e desenvolvimento de tecnologias e futura fabricação desses componentes.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

“Estamos acelerando a produção de veículos elétricos em todo o mundo, à medida em que mais clientes experimentam e buscam as vantagens desses veículos com emissões zero”, disse Hau Thai-Tang, chefe de Operações e Plataforma de Produtos da Ford. “Investir em mais pesquisa e desenvolvimento de baterias nos ajudará a acelerar o processo para entregar veículos elétricos ainda melhores e com menor custo para os clientes ao longo do tempo.”

A empresa está reunindo um time multifuncional de 150 especialistas em desenvolvimento de tecnologia, pesquisa, fabricação, planejamento, compras, qualidade e finanças para desenvolver e fabricar mais rapidamente esses equipamentos.

Integração para melhores resultados

Além disso, a Ford Ion Park vai explorar oportunidades de integração e inovação em toda a cadeia de valor – da mineração à reciclagem. Dessa forma, trabalhando com todas as equipes da Ford, incluindo especialistas do seu novo Laboratório de Teste e Benchmarking de Baterias e de serviço ao cliente, além dos principais fornecedores e parceiros.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

O time do Ford Ion Park já está sendo formado. No final do ano que vem, ele passará a contar com um laboratório de aprendizagem colaborativa para o desenvolvimento, teste e construção de células e baterias veiculares. Posteriormente, a instalação será inaugurada em Michigan, com um investimento de US$ 185 milhões. A instalação terá 18.500 metros quadrados e será equipada para a produção piloto de eletrodos, células e matrizes. Contará também com tecnologia de ponta para testar novas técnicas de fabricação, designs e materiais, integrando verticalmente células e baterias.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here