A porcentagem negativa ficou por conta do transporte e armazenagem, com queda de 1%

 

O setor de serviços paulista voltou a gerar vagas em 2017. Foram abertos 7.318 postos de trabalho e pela primeira vez desde junho de 2015, o saldo das oportunidades de empregos acumulados ficou positivo em 12 meses, apontou os dados da FecomercioSP. Entre os dois anos anteriores foram fechados mais de 237 mil postos de trabalho.

O encerramento do setor de serviços do Estado de SP no ano conta com um estoque ativo de 7.301.434 trabalhadores formais, teve alta de 0,1% em relação ao fim de 2016. A porcentagem negativa ficou por conta dos segmentos de outras atividades de serviços com 1,3% e transporte e armazenagem (-1%).

Foram 12 atividades pesquisadas, cinco apresentaram alta no estoque de empregos em relação a 2016, com destaque entre profissionais, cientificas e técnicas, médicos, odontológicos e serviços sociais, com avanço de 2,1%, e alojamento e alimentação com 0,4%.

Esses dados compões a Pesquisa de Emprego do Setor de Serviços do Estado de São Paulo (PESP Serviços), mensalmente feita pela FecomercioSP com base nos dados do Ministério do Trabalho, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here