As vendas online atingiram 50,4% do total do volume transacionado na Black Friday. Assim, registrando um crescimento de 12,9% se comparado ao mesmo período

O banco Goldman Sachs revisou suas estimativas para o e-commerce brasileiro e projeta crescimento de 53% em 2020, ante 43% das projeções anteriores. Dessa forma, a desaceleração em função da retomada das atividades presenciais do comércio não devem afetar bruscamente o setor. Além disso, o número representaria participação de 11% em todo o varejo do país.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

De acordo com relatório divulgado ontem, os dados de aplicativos das varejistas caminham para uma aceleração de 84% no número de downloads. Nas últimas quatro semanas, esse valor foi de alta de 64%. “Essa aceleração pode sugerir um desvio da consistente tendência de desaceleração observada nos meses de julho a setembro”, afirmam os analistas.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Dados da Compre & Confie indicam que no terceiro trimestre deste ano o e-commerce já ultrapassou toda a receita do ano passado. Assim, segundo o Goldman Sachs, deve representar uma alta de pelo menos 40% em relação ao mesmo trimestre de 2019.

 

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here