Entidades mineiras esperam alta de 2,3% no transporte de carga em 2019

O setor de transporte de cargas de Minas Gerais deve ter um crescimento de 2,3% em 2019 no volume de cargas, em comparação ao ano anterior. A projeção é do consultor-técnico da Federação das Empresas de Transporte de Carga do Estado de Minas Gerais (Fetcemg) e do Sindicato das Empresas de Transportes de Carga do Estado de Minas Gerais (Setcemg), Luciano Medrado.

Segundo ele, a segunda metade do ano, que é tradicionalmente mais aquecida, está confirmando essa tendência. Um fato que deve impulsionar os resultados dos transportadores neste exercício.

O setor de transporte de cargas, geralmente funciona como uma espécie de “termômetro” da economia, já que reflete o escoamento da produção industrial do País. Portanto, o crescimento lento faz jus as previsões econômicas de uma recuperação tímida durante todo o ano.

“Desde agosto, já temos observado um incremento nos volumes transportados e, consequentemente, nos negócios do setor. Agora começamos a observar um movimento ainda maior, em virtude das entregas referentes à Black Friday e Natal. Somente nessas datas devemos registrar um incremento da ordem de 4% na oferta de cargas, sobre a mesma época do ano passado, acompanhando a indústria”, afirmou.

Para se ter uma ideia, somente de janeiro a setembro, o crescimento médio dos volumes, apresentado pelas transportadoras de cargas mineiras, chegou a 1,5% em relação aos primeiros nove meses do ano passado. Conforme o consultor, os números são os melhores para os últimos exercícios.

“Estamos apurando resultados melhores que os últimos três anos, quando vivenciamos o ápice da crise econômica. Os números são animadores, não chegam a ser absurdos, mas indicam uma recuperação gradual da economia”, analisou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here