A Companhia das Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) registrou o maior volume movimentado de 2021 no mês de maio. O registro foi de 6,236 milhões de toneladas.

A Companhia das Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) registrou o maior volume movimentado de 2021 no mês de maio. O registro foi de 6,236 milhões de toneladas e isso representa a maior movimentação de cargas desde dezembro de 2018. O faturamento de maio foi de R$ 88,1 milhões, o que corresponde ao segundo maior do ano em termos nominais. O dados foram divulgados pela área de Planejamento de Negócios da Docas do Rio.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Segundo o levantamento, o resultado é fruto das exportações de minério de ferro pelo Porto de Itaguaí, que atingiram 4,876 milhões de toneladas no mês. Além disso, o relatório também aponta que, considerando apenas o minério de ferro, a variação da movimentação em relação a abril foi de 1,726 milhões de toneladas. Em outras palavras, aumento de 54,8%. Em relação a maio de 2020, o aumento foi de 51,4% com 1,656 milhões de toneladas a mais.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Desse modo, no acumulado 2020 e 2021, o volume movimentado de minério de ferro já apresenta uma alta de 5,698 milhões de toneladas, 45,2% a mais. Os volumes exportados da commodity foram responsáveis por um faturamento de R$ 67,6 milhões no mês. Isso representa um crescimento de R$ 43,6 milhões e aumento de 181,4% em relação a maio. No acumulado de 2020 e 2021, o faturamento das exportações do minério apresenta alta de 162,9 milhões de toneladas, 178,1% a mais.

Fonte: Portos e Navios

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here