O movimento de veículos pesados, especialmente caminhões, aumentou 5,3% nas rodovias brasileiras com pedágio. Dessa forma, o aumento foi registrado

De acordo com dados do Sem Parar, empresa do grupo Fleetcor e líder em pagamentos automáticos no Brasil,  desde o afrouxamento das medidas de isolamento social, por conta da pandemia de coronavírus no Brasil, em meados de junho, houve um aumento de 12,51% no fluxo de veículos nas rodovias do país. Ainda assim, no comparativo com o mesmo período de 2019, o trafego de veículos apresentou uma queda 19%. Os dados medem as passagens em vias de pagamento automático das praças de pedágio.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Mesmo que o transporte de cargas tenha sido considerado pelas autoridades um serviço essencial, os dados da empresa mostram que houve uma leve redução na passagem de veículos pesados pelas rodovias do país. Assim, o fluxo dos primeiros seis meses desse ano foi 9% abaixo do primeiro semestre de 2019. Entretanto, apenas em junho a modalidade teve um crescimento de 6.36% em relação a maio, mês que já havia apresentado uma retomada de 12.70%.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

“Esses dados, mostram que a nossa economia está, aos poucos, retomando as suas atividades. Tanto as pessoas estão se locomovendo mais entre as cidades, quanto houve aumento no transporte de cargas entre os municípios. O que é animador, tendo em vista os avanços no desenvolvimento da vacina contra o vírus”, conta Carla Barreiros, Gerente de Relacionamento e Implementação de Conveniados do Sem Parar.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here