O Supremo Tribunal Federal (STF) dá sinais de que deve declarar inconstitucional a tabela de frete. Dessa forma, o governo já trabalha para reduzir o impacto da medida

De acordo com levantamento do Porto Seguro, a contratação de seguro de cargas cresceu 15% no acumulado do ano, em comparação com 2018. Além disso, o volume em valores de cargas seguradas cresceu 19% somente no primeiro semestre.

Para Rose Matos, gerente do Porto Seguro Transportes, as paralizações no ano anterior afetaram diretamente o setor. Entretanto, este ano o mercado de transporte apresentou menores ocorrências, até mesmo nos altos índices de roubos. “Quando analisamos o acumulado do ano até setembro, identificamos uma redução de 29% nas ocorrências de roubo de carga entre janeiro a setembro”, analisa.

Entre os produtos ofertados pela Porto Seguro, uma das modalidades oferecidas pela Porto Seguro é o Transporte Embarcador. O segmento obteve um crescimento na adesão de 11,55%, já o Transportador cresceu 14,21%, ambos entre o período de janeiro a setembro, comparado ao mesmo período de 2018.

“Além dos negócios focados em transportadoras, estamos apostando nos seguros de embarcadores, e em segmentos que contribuirão para o reaquecimento da economia, como: combustíveis, cosméticos, têxteis, construção, alimento, autopeças e eletroeletrônicos. Consideramos que são nichos com grande potencial de crescimento”, esclarece Rose.

Além disso, a Porto Seguro, referência no mercado segurador, aposta nas taxas competitivas e maior flexibilidade na contratação. “Contaremos com a ampliação dos demais produtos no nosso sistema Porto Print Web, plataforma que oferece ao Corretor agilidade ao realizar cálculos, orçamentos e emissão de apólices”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here