O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) permite uso de cavalos mecânicos 6×2 em bitrens de 7 eixos. A decisão foi confirmada pela Resolução nº 882

O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) permite uso de cavalos mecânicos 6×2 em bitrens de 7 eixos. A decisão foi confirmada pela Resolução nº 882, publicada no Diário Oficial da União do dia 24 de dezembro. A norma entra em vigor hoje.

De acordo com o documento, as combinações de veículos de carga (CVC’s) com até 58,5 toneladas de Peso Bruto Total Combinado (PBTC) poderão novamente ser tracionadas por cavalos mecânicos com tração simples (4×2 ou 6×2).

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Os bitrens de 7 eixos se enquadram na nova redação pela configuração com 19,80 metros de comprimento e PBTC máximo de 57 toneladas. Assim, o uso de cavalos mecânicos 6×4 fabricados a partir de 2011, até então obrigatório, passará a ser opcional.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

As mudanças são parte de reivindicações do transporte rodoviário de cargas, em especial por parte de profissionais autônomos e pequenos transportadores, uma vez que a exigência ampliava de maneira considerável os custos de aquisição de cavalos mecânicos.

Apesar disso, a nova configuração não agrada especialistas de infraestrutura rodoviária. Segundo eles, a configuração concentra grande parte do peso em apenas um eixo tração, especialmente em arrancadas ou trocas de marchas, o que acarreta deformações no pavimento.

Fonte: Caminhões e Carretas

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here