Em função da nova safra de grãos, os preços dos fretes estão mais altos no Mato Grosso, principal estado produtor. De acordo com estimativas do Instituto

A produção brasileira de grãos na safra 2020/21, em fase inicial de plantio, está estimada em 268,7 milhões de toneladas. Dessa forma, superando em cerca de 11 milhões de toneladas (4,2%) o recorde de 257,7 milhões de toneladas do período anterior 2019/20.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

De acordo com o Levantamento de intenção de plantio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta quinta-feira haverá também um crescimento na área cultivada, na ordem de 1,3%. A expectativa é que nesta safra o plantio ocupe cerca de 66,8 milhões de hectares. Assim, correspondendo a 879,5 mil hectares a mais ante 2019/20.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

A produção de soja é estimada em 133,7 milhões de toneladas e mantém o Brasil como o maior produtor mundial da oleaginosa, representando aumento de 7,1% ante o período anterior (124,8 milhões de t). A colheita total de milho deve atingir 105,2 milhões de toneladas, também a maior da série histórica – aumento de 2,6% sobre a anterior (102,5 milhões de t). Além disso, as produções de feijão, arroz e algodão também devem aumentar e atingir níveis históricos para o país.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here