A Volkswagen do Brasil vai suspender a produção em todas as suas fábricas no país por 12 dias corridos. De acordo com a empresa, a decisão acontece em função do agravamento da pandemia no país.

A decisão não tem qualquer relação com a Volkswagen Caminhões e Ônibus, cuja fábrica de Resende (RJ) continua funcionando normalmente. Em nota, a empresa afirma que segue acompanhando os desdobramentos da pandemia.

Dessa forma, esta é a segunda vez que a divisão de autos de passeio para no Brasil por causa da pandemia. No ano passado, a montadora havia paralisado suas atividades entre março e abril, para evitar a contaminação pelo coronavírus entre seus funcionários.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

A partir de quarta-feira (24), as atividades de produção das fábricas da Volkswagen de São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP), São Carlos (SP) e São José dos Pinhais (PR) estarão suspensas até o dia 4 de abril.

A medida atinge cerca de 15 mil empregados das áreas de produção. A Volkswagen não revelou quantos carros deixarão de ser produzidos ou o impacto financeiro da pausa, por questões estratégicas. Entretanto, garantiu que não haverá problemas no pagamento dos empregados, e que os dias parados serão compensados futuramente.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

“A empresa adota esta medida a fim de preservar a saúde de seus empregados e familiares. Nas fábricas, só serão mantidas atividades essenciais”, disse a montadora em nota.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here