De acordo com informações do Valor economico, o Governo pode tirar o direito de preferencia da Petrobras em leilões futuros.

Nesta quarta-feira (6) está marcado o megaleilão do excedente do pre-sal que deverá garantir uma arrecadação bilionária aos cofres públicos. Através desse movimento, o Governo pretende impulsionar o Brasil rumo ao lugar de quinto maior produtor de petróleo no mundo.

O governo prevê que a produção de petróleo e gás poderá dobrar na próxima década.

A União espera arrecadar R$ 106,5 bilhões com a oferta de quatro áreas do pré-sal, na Bacia de Santos. Portanto, trata-se do maior leilão de óleo e gás já realizado no mundo em termos de valor de arrecadação de bônus de assinatura (o valor que as empresas pagam pelo direito de exploração).

A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) estima que existam entre 6 bilhões e 15 bilhões de barris de óleo equivalente excedente na área. Ao todo, esse volume significa praticamente o triplo dos 5 bilhões de barris originais concedidos na área à Petrobras em 2010 e é equivalente ao dobro das reservas atuais da Noruega (7,7 bilhões de barris).

Compartilhe nas redes sociais

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here