A BYD, especialista na fabricação de ônibus 100% elétricos movidos a bateria, produziu em março seu centésimo chassis. A planta instalada em Campinas,

A BYD, especialista na fabricação de ônibus 100% elétricos movidos a bateria, produziu em março seu centésimo chassis. A planta instalada em Campinas, possui a linha de produção responsável pela montagem de ônibus padron de piso alto (D9A), piso baixo (D9W), Midi Bus (D7M) e ainda em 2020 passará a produzir chassis para ônibus articulados de 22 metros, tanto de piso baixo, quanto de piso alto. Além disso, a fábrica tem capacidade de produção de 720 chassis por ano, podendo se expandir para 1440 chassis por ano.

De olho: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

De acordo com o presidente da BYD Brasil, Tyler Le, o resultado é motivo de comemoração. “Produzir 100 chassis de ônibus elétricos a bateria é algo grandioso no Brasil. A América Latina tem demonstrado em diferentes países que é possível eletrificar as frotas em busca da redução dos gases poluentes na atmosfera. No Brasil, a chegada dos ônibus à São Paulo na maior cidade do Brasil, é um marco desta expansão”, afirma Tyler.

Além de São Paulo, que tem hoje em operação 15 ônibus elétricos em uma só linha, já existem no Brasil ônibus 100% elétricos nas cidades de Brasília, Bauru, Campinas, Maringá, Santos e Volta Redonda.

Ainda mais, siga-nos no Instagram e fique informado sobre tudo que acontece no setor de transportes

Os ônibus elétricos, movidos a bateria de fosfato ferro lítio, representam um grande instrumento para a redução de poluentes locais e de gases causadores do efeito estufa. Na média, cada ônibus a combustão consome 90 litros de diesel em um dia de operação. Sendo assim, cada ônibus elétrico deixa de emitir 110 ton/ano de CO2 na atmosfera.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here