O Chile recebeu no último sábado, 27 de junho, 150 novos ônibus elétricos BYD, que foram incorporados ao sistema RED. Assim, incrementando o processo

O Chile recebeu no último sábado, 27 de junho, 150 novos ônibus elétricos BYD, que foram incorporados ao sistema RED. Assim, incrementando o processo de eletrificação da frota no país. Os ônibus são operados pela concessionária de transporte público Metbus, que atualmente possui a maior frota de ônibus elétricos das Américas.

Com um total de 455 ônibus em operação, a BYD é líder no mercado de ônibus elétricos do País, com uma participação de 65%. Nos próximos meses, a frota totalizará 2.219 veículos de alto padrão e ecológicos, incluindo ônibus 100% elétricos e Euro VI diesel, com ar condicionado, conexão Wi-Fi e carregadores USB, entre outros benefícios. Com isso, o número de ônibus elétricos de Santiago chegará a quase 800 unidades até o final deste ano.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

RED Mobility foi o padrão implementado pelo Ministério dos Transportes do Chile no final de 2018.  Desde então, o Governo busca estabelecer um novo nível de qualidade para o transporte urbano. O programa começou com o lançamento dos primeiros 100 ônibus BYD no Chile e tem como objetivo a eletrificação total do transporte público até 2040.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

“Esta nova frota de 150 ônibus elétricos da BYD trará aos cidadãos mais viagens de qualidade, melhorando a qualidade do ar de Santiago”, disse Tamara Berríos, gerente nacional da BYD Chile. “O projeto Alameda é de grande importância devido à sua visibilidade a partir da transformação da Avenida central da capital. Estamos convencidos de que é necessário continuar promovendo a transformação do transporte público por meio da eletromobilidade, e a BYD continuará avançando neste sentido. “

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here