De acordo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de 10 a 20% das ações da Petrobras serão destinadas à pessoas físicas.

De acordo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de 10 a 20% das ações da Petrobras serão destinadas à pessoa física. O banco anunciou na semana passada que vai se desfazer de ações da Petrobras. Sendo assim, a operação que pode movimentar R$ 23,5 bilhões, com a alienação de até 9,86% da petroleira, será disponibilizada a investidores no varejo.

Ainda mais, siga-nos no Instagram e fique informado sobre tudo que acontece no setor de transportes

A oferta ocorrerá na Nyse, a Bolsa de Nova York, e na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, e tem o início das negociações, no mercado secundário, previsto para 7 de fevereiro.

O coordenador do laboratório de finanças do Insper, Michel Viriato, diz que a decisão de compra do investidor pessoa física não deve estar ancorada simplesmente na oferta do BNDES. “Essas grandes ofertas fazem diferença para investidores institucionais. Nesse caso, eles têm a oportunidade de comprar uma grande quantidade de ações de uma só vez.”

No entanto, não é garantido que o investidor se beneficiará de uma oferta com melhores condições de compra. “Não há nem como dizer se as ações ficarão mais baratas ou mais caras antes da oferta”, explica. Segundo Viriato, a destinação de 10% a 20% das ações para o varejo acontece porque raramente os investidores comuns absorvem mais do que essa porcentagem das ações.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here