O Banco Mercedes-Benz atingiu a maior carteira de sua história em 2020 ao alcançar a marca de R$ 12,815 bilhões. Dessa forma, a instituição

O Banco Mercedes-Benz atingiu a maior carteira de sua história em 2020 ao alcançar a marca de R$ 12,815 bilhões. Dessa forma, a instituição financeira superou em 2,2% o recorde histórico do ano anterior, de R$ 12,538 bilhões. Além disso, a companhia comemorou R$ 4,756 bilhões em novos negócios, alcançando o desempenho registrado em 2014, o segundo melhor ano do Banco no país, apesar de esperada retração em comparação ao também recorde de R$ 5,586, alcançado em 2019.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

A empresa credita os bons resultados a estratégia de digitalização de serviços e operações, iniciada nos últimos anos, e as ações de suporte aos clientes durante o período. Logo no início da pandemia, em março, a instituição lançou dois canais digitais de atendimento dedicados especialmente para suportar as necessidades de renegociação. Com isso, foram renegociados 24% dos contratos da carteira em 2020.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

“Em 2020, fixamos como nossa missão prioritária manter e estreitar nossa relação com os clientes”, afirma Diego Marin, diretor Comercial do Banco Mercedes-Benz. Além da agilidade na renegociação, a criação de linhas de crédito e condições especiais de financiamento foram fundamentais. “Em parceria com a fábrica, pudemos flexibilizar os prazos de pagamento em até seis meses e oferecer taxas especiais. Isso permitiu que as pessoas e empresas se reorganizassem e dessem continuidade a seus negócios ou sonhos com mais tranquilidade”, completa o executivo.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here