A Autonomy Investimentos inaugurou ontem, 6, a primeira fase do Condomínio Logístico Golgi Jundiaí. Ao todo, serão disponibilizados

A Autonomy Investimentos inaugurou ontem, 6, a primeira fase do Condomínio Logístico Golgi Jundiaí. Ao todo, serão disponibilizados aos condôminos dois galpões com área locável de 55 mil metros quadrados para armazenagem e movimentação de produtos.

Os condomínios logísticos da Golgi, como o de Jundiaí, são projetados e construídos com especificações técnicas de alta qualidade buscando um baixo custo operacional. Além disso, possuem padrão rigoroso de segurança, fácil acesso e próximos a importantes centros urbanos.

Ainda mais, siga-nos no Instagram e fique informado sobre tudo que acontece no setor de transportes

O Golgi Jundiaí é composto por quatro galpões, totalizando 120 mil m² de área locável. Assim, nesta primeira fase estão sendo entregues dois galpões de 27.500 m² cada. Com eficiência de armazenagem de 90%, o empreendimento oferece áreas comuns que atendem aos colaboradores e fornecedores, como vestiários, restaurante, espaços de convivência e de apoio ao caminhoneiro, segurança 24 horas, operada por empresa especializada.

De acordo com Roberto Miranda de Lima, CEO da Autonomy Investimentos, a escolha correta do local contribui para a melhora no desempenho da empresa. “Optar por um espaço mais avançado em estrutura e tecnologia para manter o estoque organizado, distribuir e armazenar as mercadorias contribui para um ganho maior em todas as áreas: reduz custos operacionais, eleva oportunidades de negócios, melhora o desempenho da empresa – principalmente nos setores de distribuição de produtos e transporte – e, finalmente, deixa as tarefas mais práticas e rápidas”.

Localizado na cidade de Jundiaí, em um dos maiores centros logísticos do país, no acesso à Rodovia Vice-Prefeito Hermenegildo Tonolli (SP-066), o Golgi Jundiaí está a apenas 5 quilômetros da Rodovia dos Bandeirantes e 7 quilômetros da Rodovia Anhanguera, com fácil acesso a São Paulo e Campinas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here