A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulga o Índice de Desempenho Ambiental (IDA) entre rodovias federais concessionadas de 2021. Os dados contabilizados são referentes ao ano de 2020. O relatório faz parte da Agenda Socioambiental e Territorial do Ministério da Infraestrutura.

Divulgadas por meio da portaria nº 145/2021/SUROD, as cinco concessionárias com melhor desempenho no IDA/2021 foram:

Concessionária

% em relação à pontuação máxima

Transbrasiliana Concessionária de Rodovia S.A

82,35%

Concessionária de Rodovia Sul-Matogrossense S.A. – MSVia

82,35%

ECO101 Concessionária de Rodovias S.A.

82,35%

Concessionária Rota do Oeste S.A. – CRO

79,41%

Autopista Planalto Sul S.A.

76,47%

Dados do relatório IDA/2021

Assim, são 34 critérios de avaliação compostos por 15 parâmetros e de todos eles, apenas 12 foram atendidos por todas as avaliadas. Em outras palavras, 35,29% dos critérios do IDA foram cumpridos pelas concessionárias. Entretanto, nenhuma delas pontuou nos critérios que referem-se ao uso de veículos elétricos e à utilização voluntária de soluções de minimização de ruídos e vibrações.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Sobre os critérios de avaliação e adesão do IDA

Atualmente, o cálculo baseia-se em um formulário preenchido por um funcionário da própria concessionária. Esse documento apresenta os critérios com campo de preenchimento “SIM” ou “NÃO”. Desse modo, para cada resposta positiva é somado um ponto e o melhor desempenho é aquele com a maior pontuação. Para desempate, é levada em consideração a ordem cronológica de apresentação do formulário.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

O relatório está em sua segunda edição e apresenta os dados de 15 das 22 rodovias concessionadas (número total até a data da submissão) que participaram. Além disso, houve uma adesão de 68,18% ao IDA/2021. Em 2020, apenas 6 concessionárias aderiram ao relatório, ou seja, foi um aumento de 150% na adesão.

No quesito média de pontuação, os parâmetros comparados entre os dois anos seguem sem muita mudança. Em 2020, a pontuação média era de 24,83 e em 2021 foi de 25 pontos, sendo 34 o valor máximo.

Relatório completo.

Descrição dos critérios e dados de desempate.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here