O índice ABCR referente a setembro de 2021 diminuiu 0,6% no comparativo com agosto, considerando os dados dessazonalizados. O fluxo pedagiado

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) obteve parecer judicial favorável para redução dos valores cobrados nas praças de pedágio administradas pela concessionária Via Bahia, nas BR-116 e 324. Com isso, está invalidada a liminar que impedia a diminuição das tarifas, determinada recentemente pelo órgão.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Com a medida, o valor para carros pequenos passou de R$ 2,90 para R$ 2,40, nas praças de pedágio P1 e P2 (ambas na BR-324, entre Salvador e Feira de Santana). Para as praças P3, P4, P5, P6 e P7 (na BR-116, de Feira de Santana até a divisa com o estado de Minas Gerais), o valor saiu de R$ 5,10 para R$ 4,30.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

As tarifas cobradas nas sete praças de pedágio da BR-116 e da BR-324 foram reduzidas porque a Via Bahia não cumpriu cláusulas contratuais, incluindo algumas referentes às melhorias das pistas, de acordo com a Agência.

Fonte: G1

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here