A comissão mista que analista a MP 843 de 2018, que criou o Rota 2030, nova política industrial para o setor automotivo, adiou para a manhã da quarta-feira (24) a apreciação do relatório do deputado Alfredo Kaefer. Foi mais uma postergação para a discussão da MP, que, desde agosto, sofre com adiamentos.

Chamado de Programa Rota 2030 – Mobilidade e Logística, o regime automotivo vai substituir o Inovar-Auto, que vigorou entre 2013 e 2017. Assim como a política anterior, o Rota 2030 baseia-se em incentivos fiscais, que somam R$ 1,5 bilhão ao ano, durante 5 anos, segundo o governo.

O relator ainda não apresentou seu parecer, segundo a Agência Câmara. A reunião está marcada para as 10 horas, no plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here