Deputados e senadores poderão votar hoje (15) o veto ao dispositivo da Lei 13.703, de 2018, que concedeu anistia aos caminhoneiros e às empresas transportadoras em relação às multas e sanções relacionadas à greve da categoria, entre 21 de maio e 4 de junho deste ano. A nova lei teve origem na Medida Provisória 832/2018, que instituiu a política de frete mínimo para o transporte rodoviário de cargas.

O veto foi uma decisão do Presidente Temer, sob a alegação de que a concessão de anistia às multas é inconstitucional, pois afronta o artigo 113 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), segundo o qual o poder público não pode renunciar a receitas. Argumenta ainda que a aplicação das multas e sanções previstas no Código de Trânsito Brasileiro foram impostas por decisão judicial cautelar em tutela provisória e em função do poder de polícia do Estado. “Além de representar ingerência fiscal reflexa entre os Poderes, a propositura deveria estar acompanhada de seu impacto orçamentário e financeiro como requisito de validade”, justificou o Planalto na ocasião.

Fonte: Senado Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here