Um balanço divulgado pela Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) aponta que foram recebidas 248 contribuições para atualização da tabela de frete elaborada com consultoria da instituição. As participações ocorreram durante cinco audiência públicas realizadas pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), sendo a última realizada no última dia 23 de maio.

Relembre: ANTT realiza última audiência pública sobre a nova tabela de frete

As primeiras reuniões para ouvir sugestões de representantes do setor aconteceram em fevereiro no campus de Piracicaba (SP). Em seguida, as cinco sessões presenciais tiveram 841 participantes em Belém (PA), Recife (PE), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e Brasília.

Ao todo, foram 223 contribuições orais e 25 contribuições escritas. Além disso, era possível enviar as propostas pela internet, através do site da ANTT.

De acordo com a Esalq/USP, a próxima fase do trabalho é realizar a análise de todas as contribuições recebidas. Ainda não há uma previsão de quando a primeira atualização da tabela de fretes será colocada em prática. A primeira revisão elaborada pelo estudo deve ser apresentada em julho.

Fonte: G1.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here