As vendas de caminhões cresceram 43,2% no acumulado dos sete primeiros meses desse ano, em comparação ao mesmo período de 2018. No total, foram licenciados 55,8 mil veículos em 2019, ante 39 mil unidades caminhões emplacadas no ano passado. Os dados são da Fenabrave (Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores), divulgados nesta última quinta-feira (1).

Pela segunda vez no ano, o volume mensal chegou ao patamar de 9 mil caminhões entregues. Antes de julho, apenas o resultado de maio registrou desempenho semelhante, de 9,2 mil unidades.

A categoria de pesados segue como o motor das vendas. Do total do mercado em julho, 50% dizem respeito ao subsegmento, com 4,5 mil unidades emplacadas. Depois, com 24,6% de participação, são vendas de semipesados, de 2,2 mil caminhões. Os leves representaram 11,2% com 1 mil unidades do volume vendido, os médios 8,9% (800 licenciamentos) e os semileves 5% (449).

A disputa do mercado pelas fabricantes segue sem alteração no ranking. Dentre as cinco que mais venderam, a Mercedes-Benz lidera com participação de 31,8%, a Volkswagen Caminhões e Ônibus na segunda posição garantiu fatia de 24,3%, a Volvo ficou com 15,2%, a Scania 13,8% e a Ford, bem distante, 5,7%. Cabe lembrar que as marcas suecas, atuam somente nas categorias de semipesados e pesados.

Fonte: Estradão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here