A colheita de laranja começou nas principais áreas produtoras no país. Com o clima favorável, a produção da laranja deve ser 36% maior

A colheita de laranja começou nas principais áreas produtoras no país. Com o clima favorável, a produção da laranja deve ser 36% maior em São Paulo e Minas Gerais, estados líderes na atividade.

Portanto, mais de 388 milhões de caixas devem ser produzidas nesta safra. Dessa forma, registrando volume 21% maior que a média dos últimos 10 anos. Uma das explicações para a grande colheita foi o controle do “amarelão”, também conhecido como greening.

Leia também: Consultoria eleva em 2% previsão do milho na segunda safra

De acordo com Vinícius Trombin, coordenador de pesquisa da Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), os resultados refletem ações positivas previamente tomadas. “80% dos pomares foram renovados e também houve maior controle das doenças e pragas.”

A área plantada caiu 1% em relação ao ano passado. Entretanto, a produtividade bateu recorde: em média 1.051 caixas por hectare.

Na fazenda do produtor rural Brayan Palhares, o trabalho é intenso na propriedade com 1100 hectares em Pirassununga, no interior de São Paulo. São 450 mil pés de laranja, sendo a maioria da variedade Pera Rio. Segundo Palhares, a expectativa é colher 1,1 milhão de caixas. Assim, o objetivo é atingir um crescimento em torno de 30% em relação ao ano passado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here