Após anunciar o aumento no preço do diesel, na noite desta quinta-feira (11), a Petrobras voltou atrás na decisão. A petroleira afirmou que manterá o preço do combustível por mais alguns dias, desde 26 de março não ocorre reajuste.

No mês anterior, a empresa anunciou uma nova política referente o reajuste do diesel. Assim, o valor do combustível passaria a ser reajustado no prazo mínimo de 15 dias úteis.

Relembre: Preço do diesel será reajustado a cada 15 dias, diz Petrobras

Exato 15 dias dias após o anuncio, nesta quinta-feira, foi declarado o aumento de 5,7%. Desse modo, o preço do litro passaria de R$2,1432 para R$2,2662.

No entanto, na mesma noite, a Petrobras emitiu uma nota esclarecendo o motivo pelo qual revogou a decisão.

” Em consonância com sua estratégia para os reajustes dos preços do diesel, divulgada em 26/03/19, revisitou sua posição de hedge e avaliou, ao longo do dia, com o fechamento do mercado, que há margem para espaçar mais alguns dias o reajuste no diesel. ”

Além disso, a empresa reafirmou a manutenção do alinhamento com o Preço Paridade Internacional (PPI).

Leia a nota em : http://www.petrobras.com.br

 

 

 

6 COMENTÁRIOS

  1. […] Na última quinta-feira, 11, a Petrobrás anunciou que havia desistido do aumento de 5,7% no valor d… Logo depois, em nota, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro havia ligado para Roberto Castello Branco, presidente da companhia, solicitando o cancelamento do reajuste. Assim, Bolsonaro pediu a suspensão do reajuste “alertando sobre os riscos do aumento do preço”. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here