Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Mercado | sexta-feira, 17/03/2017 04:20

Transporte com origem em Manaus tem queda de 30%

ACA acredita em recuperação a partir deste mês
Produtos
O setor de transporte de cargas rodoviário registrou queda de 30% no volume de produtos desembarcados em Manaus no primeiro bimestre deste ano em comparação a igual período de 2016. As cargas destinadas ao comércio local são provenientes das regiões Sul, Sudeste e Nordeste. 
 
A ACA (Associação Comercial do Amazonas) confirma a baixa demanda pelos produtos e a consequente redução nos pedidos aos fornecedores. Os empresários acreditam em uma recuperação nas vendas a partir deste mês.
 
O secretário do Setcam (Sindicato das Empresas de Agenciamento, Logística e Transportes Aéreos e Rodoviários de Cargas do Estado do Amazonas), Raimundo Augusto Araújo, explica que “do total de dez carretas que saem de Manaus em direção às regiões Sul, Sudeste e Nordeste, abastecidas por produtos do PIM (Polo Industrial de Manaus), somente sete retornam com produtos para atender ao comércio da capital”.  
 
Para o presidente da ACA (Associação Comercial do Amazonas), Nílio de Lima Portela, “há pelo menos seis meses o comércio registra diminuição de 70% no volume de pedidos”. O empresário acredita que a partir deste mês a situação melhore devido à liberação dos valores do FGTS.   
 
Fonte: Folhapress 

Deixe seu comentário