Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Empresas | terça-feira, 16/05/2017 11:57

Resultado global da Scania acusa aumento de 35% no trimestre

Primeiro relatório de vendas de 2017 mostra tendência de alta em todos os mercados, incluindo o Brasil

A Scania divulgou o primeiro relatório de vendas em 2017, referente ao trimestre de janeiro a março. O documento registra vendas líquidas de 28,4 bilhões de coroas suecas e um operacional de 3,08 bilhões de coroas suecas. “No período, o resultado da Scania subiu 35%, chegando a 3,08 bilhões de coroas suecas. Já as vendas líquidas aumentaram 23% e o fluxo de caixa somou 2,35 bilhões de coroas suecas em Veículos e Serviços”, aponta Henrik Henriksson, presidente e CEO da Scania.

Segundo a empresa, na Europa, a demanda por caminhões se manteve forte, devido à situação econômica favorável. A participação da Scania nesse mercado atingiu 16,8%, uma pequena queda em comparação com os 17,4% em 2016. Na América Latina, a demanda gerou impactos positivos, devido ao aumento de pedidos no Brasil, um mercado que aparenta ter chegado em seu ponto mais baixo. Na Eurásia, a tendência de demanda está desenvolvendo-se, por conta do mercado russo. Na Ásia, a demanda aumentou em função do bom desempenho na China, Irã e Índia.

Em ônibus e chassis, a demanda foi forte na Ásia, principalmente com relação ao Irã. A tendência na procura por motores industriais e marítimos se mantém em bom nível, enquanto permanece fraca na área da geração de energia.

As receitas líquidas de Serviços somaram uma alta recorde de 5,85 bilhões de coroas suecas frente aos 5,15 do ano anterior, um aumento de 14%. “O resultado da Scania, gerado direta ou indiretamente a partir dos 250 mil veículos conectados na frota da Scania está aumentando constantemente. A conectividade é um componente importante, o que permite à Scania oferecer aos clientes serviços mais eficientes focados em aprimorar a sua rentabilidade”, diz o presidente e CEO da montadora sueca.

Deixe seu comentário