Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Mercado | sexta-feira, 17/03/2017 02:46

Peugeot e Citroen reforçam ofensiva no mercado de utilitários

Marcas francesas lançam no segundo semestre os novos Expert e Jumpy, para competir com o Vito da Mercedes-Benz
Lançamento Peugeot e Citroen
 
O Grupo PSA, que reúne as marcas Citroen e Peugeot, decidiu promover uma nova ofensiva no mercado de veículos comerciais, tanto no Brasil como na América Latina. A iniciativa é parte da estratégia para ampliar a participação das marcas em nível global. Com destaque para o segmento de veículos utilitários, cuja fabricação faz parte do DNA do conglomerado francês, desde a sua fundação há quase 100 anos atrás.
 
A partir do segundo semestre chega ao mercado latino-americano os novos Peugeot Expert e Citroën Jumpy, sucesso de vendas na Europa e montados sobre a mesma plataforma, para competir com o Vito da Mercedes-Benz no segmento de furgões médios. Com capacidade para transportar até uma tonelada de carga útil, eles serão ser produzidos na planta industrial da Nordex, no Uruguai. 
 
Os novos reforços da Peugeot e da Citroen vão reforçar o portfólio das marcas no segmento de utilitários, que já conta com a furgoneta Partner, além da Boxer e a Jumper, nas versões furgão e van. “Nosso objetivo é ocupar o espaço deixado pela Kombi, no mercado de distribuição urbana”, explica Frederic Chapuis, vice-presidente Utilitários América Latina, da PSA. Segundo o executivo, os planos do Grupo incluem o lançamento de 16 novos modelos de veículos utilitários até 2021. “Nossa meta é dobrar as vendas de utilitários no continente latino americano de 30 mil para 60 mil unidades, no prazo de cinco anos”, ressalta Frederic.
 
Para alcançar esse objetivo, a PSA pretende investir em Engenharia, Centros de Produção, Qualidade e Marketing, do lado do produto. Bem como na melhoria das áreas comerciais (B2B e varejo), de pós-venda e relações com os clientes, entre outras ações. Os planos também incluem a ampliação da atual Rede Business Center, que oferece atendimento diferenciado para os proprietários de veículos comerciais. O pacote contempla uma estrutura de serviços rápidos, equipes treinadas, planos de manutenção e assessoria técnica para o segmento profissional.
 
Enquanto isso, o Boxer e a Jumper que eram produzidos na fábrica da Iveco em Sete Lagoas (MG), em conjunto com o Fiat Ducato, continuarão a ser ofertados até o término do estoque, estimado em 12 meses. “Depois disso, uma nova geração desses utilitários será oferecida ao mercado latino-americano, com inúmeras opções de modelos e comprimentos”, ressalta Frederic Chapuis, sem precisar mais detalhes. À boca pequena, contudo, comenta-se que os veículos continuarão sendo produzidos em parceria com a FCA (ex-Fiat) e poderão vir do México ou da Itália.
 
Por: José Augusto Ferraz, de Frota&Cia On Line
 

Deixe seu comentário