Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Energia | terça-feira, 23/01/2018 04:04

Mistura de 27% de etanol à gasolina no Brasil é recorde no mundo

Levantamento do portal BiofuelDigest revela que outros países querem adotar a prática

Um levantamento divulgado pelo portal BiofuelDigest, um dos maiores do mundo do setor de biocombustíveis, mostra que o Brasil é o país que mais adiciona combustíveis renováveis, como etanol e biodiesel, aos fósseis, como a gasolina.

Conforme determinado pelo Ministério da Agricultura, desde 2015, o nível de etanol anidro na gasolina comum é de 27%, o que faz do país o ‘campeão’ nesse uso. O segundo na lista é o Paraguai, com 25% de mistura. Isso representa 10 pontos percentuais a mais do permitido nos Estados Unidos (15%), terceiro colocado.
A solução é benéfica para o meio ambiente, garante o diretor executivo da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Eduardo Leão de Sousa. “O etanol, um produto barato, produzido em larga escala e sustentável, é o único combustível líquido capaz de emitir até 90% menos CO2 em relação à gasolina”, ressalta. Segundo o especialista, a adição de etanol à gasolina é uma forma eficiente para reduzir a dependência dos derivados de petróleo.
Tendência de aumento
O Brasil deve aumentar ainda mais o uso de biocombustíveis, devido à Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), aprovada pelo presidente Michel Temer. O projeto de lei (PL 7863/2017) prevê metas de redução de emissão de gases pelos combustíveis, o que inclui a adição de etanol anidro à gasolina em, no mínimo, 30% até 2022 e em até 40% até 2020.
Segundo o estudo da BiofuelDigest, a Argentina e o Paraguai pretendem anunciar o plano E26, ou seja, o uso de 26% de biocombustível. O México também avaliar passar de 5,8% para 10% o nível de mistura em parte de seus estados. Além dos países americanos, outras 52 nações da Europa, Ásia, Oceania e África também pretendem adotar políticas de mistura.

Fonte: Gazeta do Povo

Deixe seu comentário