Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Empresas | quarta-feira, 17/05/2017 05:46

Ford lança ações para agilizar serviços de pós-venda de caminhões

Montadora busca intensificar serviços de manutenção e atendimento ao cliente
Novo posicionamento da montadora intensifica serviços de manutenção e atendimento ao cliente
A Ford Caminhões lançou este mês o novo posicionamento da marca, focado nos serviços pós-vendas. Com o slogan “O seu mundo não pode parar”, a montadora criou o Célula de Unidade Parada, que monitora todas as oficinas da rede em tempo real e atua quando for preciso resolver problemas para que o veículo do cliente volte a rodar. 
 
Para que a manutenção seja eficaz, a empresa reuniu um grupo de técnicos e engenheiros das áreas de Serviço ao Cliente e Engenharia de Serviço, com o objetivo de responder os clientes em todas as fases do processo, desde o diagnóstico e disponibilidade de peças até a autorização e execução de serviços. 
 
Iniciado em outubro do ano passado, o programa agora está em completo funcionamento e, como resultado, o número de caminhões parados nos distribuidores fora do tempo programado caiu 80%. 
 
“Hoje, conseguimos saber instantaneamente se há algum caminhão parado aguardando manutenção na nossa rede em todo o Brasil, qual é o veículo, o seu problema e há quanto tempo, e atuamos para ele voltar a rodar o mais rápido possível”, diz o gerente de Serviço ao Cliente da Ford Caminhões, Wilson Vasconcellos. 
 
Segundo o executivo, o preço de compra de um caminhão representa apenas 12% do seu custo total de operação, considerando uma vida útil de cinco a oito anos, e o resto é manutenção. Isso mostra a importância dos serviços de pós-vendas na atividade do transporte rodoviário.
 
“Estamos focando nosso trabalho para entregar o que o cliente quer e precisa, ou seja, um serviço rápido, com alta qualidade e preço justo. Além da criação da nova estrutura, investimos em treinamento e realinhamos o preço de centenas de peças, o que aumenta a nossa competitividade diante de todas as opções disponíveis no mercado”, finaliza Vasconcellos.
 

Deixe seu comentário