Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Infraestrutura | quinta-feira, 09/11/2017 05:06

Estudo aponta que as 19 melhores rodovias brasileiras são concedidas

Pesquisa da CNT mostra que 74,4 % da malha privada teve avaliação ótima ou boa, enquanto as estradas sob administração pública tiveram apenas 29,6 % de avaliação positiva
Pesquisa da CNT mostra que 74,4 % da malha privada teve avaliação ótima ou boa, enquanto as rodovias sob administração pública tiveram apenas 29,6 % de avaliação positiva
Pelo segundo consecutivo, a pesquisa técnica sobre rodovias divulgada pela Confederação Nacional de Transporte indicou que as 19 melhores rodovias brasileiras são concedidas à administração privada. O ranking com 109 ligações rodoviárias indicou avaliação superior das rodovias concedidas em relação às que são administradas pelo poder público: 74,4 % da malha concedida pesquisada teve avaliação ótima ou boa, enquanto as rodovias sob administração pública tiveram apenas 29,6 % de avaliação positiva.
 
O levantamento avaliou um total de 105.814 quilômetros de rodovias, dos quais 19.419 quilômetros estão concedidos. "Mais uma vez, o estudo confirma que estamos no caminho certo para a consolidação do processo de concessão de rodovias. Porém, ainda há muito a ser realizado para ampliar e melhorar a limitada malha pavimentada do País que continua sendo a menor em relação ao território", destaca o presidente-executivo da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias – ABCR, César Borges. 
 
Investimentos
 
No total, R$ 6,75 bilhões foram investidos em 2016 nas rodovias concedidas, a queda de 3,2% em relação a 2014 é resultado de dificuldades para a obtenção de licenciamentos ambientais e financiamento das rodovias da 3ª etapa do programa de concessões federais, que levaram à paralisação dos investimentos previstos.
 
"As concessionárias de rodovias participantes desta etapa estão preparadas para investir imediatamente cerca de R$ 20 bilhões se tais dificuldades forem equacionadas", afirma César Borges. "Desde 1995, o setor de concessão de rodovias federais, estaduais e municipais já investiu R$ 109 bilhões em melhorias e manutenção de 61 rodovias. Anualmente, gera cerca de 55 mil empregos", conclui. 

Deixe seu comentário