O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que a tabela do frete é uma

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que a tabela do frete é uma “aberração”. Além disso, o representante do governo nas negociações do setor, disse que é preciso que a tabela deixe de existir. De acordo com Tarcísio, para resolver o problema é preciso “desmamar” o setor e deixar que a tabela “morra naturalmente”.

Por outro lado, o ministro da infraestrutura pondera que a transição deve ser cautelosa. “Também não adianta chegar um governo novo e falar que amanhã não tem mais tabela. Não pode ser assim”, disse o ministro. As declarações foram dadas em jantar promovido na noite desta terça-feira, 6, pelo jornal digital Poder 360, em Brasília. Além de jornalistas, estiveram presentes empresários do setor.

A tabela de pisos mínimos do frete foi sancionada após a paralisação dos caminhoneiros em maio de 2018. Segundo o ministro, não há riscos de uma nova greve do setor. De acordo com Freitas, o atual governo de Jair Bolsonaro, “herdou” a situação. Ele ponderou ainda que se trata de um problema econômico e não de infraestrutura, foco de sua pasta.

Confira nossa página especial sobre 

Segundo Freitas, com a retomada do crescimento, será possível reequilibrar novamente oferta e demanda. Ou seja, até lá, a solução passa por fazer um trabalho de “formiguinha”, facilitando acordos entre os agentes de cada setor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here