O levantamento divulgado pela Inter.B Consultoria, empresa que presta serviços de consultoria financeira, aponta que o investimento previsto de 129,9 bilhões para infraestrutura não será o suficiente para o setor este ano. Segundo cálculos da empresa, é necessário o investimento de 4,24%, cerca de R$ 305 bilhões em 2019 para modernizar os serviços.

O setor que inclui logística e transporte, energia, telecomunicações e sanamento, deverá corresponder a 1,80% do PIB (Produto Interno Bruto). A porcentagem foi de 1,87% no ano passado.

Um dos sócios da Inter.B Consultoria, Cláudio Frischtak, disse ao jornal “O Estado de S. Paulo”  que o principal fator para a estagnação foi o alto grau de incerteza na economia. Além disso, os investimentos no setor demoram a ser retomados.

“Existe um esforço do Ministério de Infraestrutura e de outros ministérios ligados à área para avançar, mas mesmo que haja um avanço, para traduzir isso em investimentos, normalmente, leva de seis meses a um ano. Na melhor das hipóteses, vamos ter reação em 2020”, afirmou o consultor.

Fonte: Suno.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here