s importações de soja da China junto a seu principal fornecedor, o Brasil, caíram 31% em maio quando na comparação com o mesmo mês do ano passado.

As importações de soja da China junto a seu principal fornecedor, o Brasil, caíram 31% em maio quando na comparação com o mesmo mês do ano passado. De acordo com dados da Administração Geral de Alfândegas divulgados nesta terça-feira (25).

Os compradores chineses estão segurando aquisições do principal ingrediente para ração animal. Devido a um surto de peste africana que reduziu o rebanho de suínos do país.

Leia também – Soja e milho: frete até 31% mais caro nas principais rotas do país

De acordo com governo local, a China comprou 6,3 milhões de toneladas de soja do Brasil em maio. Nesse ínterim ano passado, foram compradas 9,124 milhões de toneladas.

No total, as importações de soja para China atingiram 7,36 milhões de toneladas em maio. Dessa forma, resultando em uma queda de 24% na comparação anual, segundo dados já divulgados anteriormente pelo país.

A queda nas importações acontece em um momento em que a China já reporta 137 surtos de peste suína africana em quase todas suas províncias e regiões. O primeiro surto foi registrado no início de agosto de 2018.

Fonte: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here