Ministros Onyx Lorenzoni, TarcisioFreitas,FlorianoPeixoto, AugustoHeleno, coletiva sobre os caminhoneiros e disel. Brasilia, 16-04-2019. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir o Ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Floriano Peixoto, para que assuma a presidência do Correios. Peixoto, que é general da reserva do Exército, é o quarto ministro do governo de Jair Bolsonaro a deixar o cargo.

Na última sexta-feira, Bolsonaro havia anunciado a demissão do presidente do Correios, também general Juarez Aparecido de Paula Cunha, ao fim de café da manhã com jornalistas que cobrem o Planalto.

De acordo com o presidente, a exoneração foi motivada pela recente ida de Juarez à Câmara dos Deputados, a convite de partidos da oposição. Bolsonaro disse que o general se comportou “como um sindicalista” na ocasião e posou para foto com os deputados do PT e do PSOL.

Relembre: Bolsonaro decide demitir presidente dos Correios

Já na última terça-feira, o presidente disse que não sabia quem seria o novo presidente da companhia, comentando que “a criança” estava nascendo. Em seguida, afirmou que havia “alguns nomes aparecendo”.

“Logicamente, o presidente que vai assumir vai cumprir o seu papel naturalmente. E o governo deu sinal verde para buscar a privatização, se bem que ela passa pelo Parlamento também”, afirmou.

Fonte: O Globo.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here