As exportações de milho pelo Porto de Paranaguá, entre janeiro e maio de 2019, já superam o volume registrado em todo o ano de 2018.
Foto: Cleverson Beje

As exportações de milho pelo Porto de Paranaguá, entre janeiro e maio de 2019, já superam o volume registrado em todo o ano de 2018. De acordo com os dados divulgados pelos Portos do Paraná nesta segunda-feira (10), os primeiros cinco meses deste ano atingiram 1,4 milhão de toneladas exportadas. Enquanto isso, os doze meses de 2018 exportaram 1,09 milhão de toneladas.

Na comparação entre os primeiros cinco meses de cada ano, a movimentação do cereal mais que dobrou. De janeiro a maio do ano passado, Paranaguá registrou 677,5 mil toneladas embarcadas.

Saiba mais: Tensão México-EUA abre espaço para o milho brasileiro

A receita gerada somou U$ 244,7 milhões. Assim, superando em mais de 128% que o registrado no ano passado, segundo dados do Ministério da Economia. Os principais países compradores deste ano são Irã, Malásia, Taiwan (Formosa), Egito e Cuba.

“O resultado reflete a boa comercialização, estimulada pelo dólar forte e pelo preço competitivo. A eficiência do Porto de Paranaguá também é essencial, tanto na armazenagem do produto, quanto no embarque dos navios”, diz o diretor-presidente da autoridade portuária, Luiz Fernando Garcia.

Relembre: Portos do Paraná registram alta de 71,4% neste início de ano

Em 2018, questões comerciais prejudicaram as exportações do milho e o porto paranaense não registrou movimentação do produto em maio. Neste ano, somente no último mês, foram 490,8 mil toneladas exportadas. Deste total, 77% passaram pelo complexo do Corredor de Exportação.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here