O contrato de concessão da Ferrovia Norte-Sul foi assinado em Anápolis-GO, ontem, 31, com a Rumo

O contrato de concessão da Ferrovia Norte-Sul foi assinado em Anápolis-GO, ontem, 31, com a Rumo. Dessa forma, a empresa que venceu leilão realizado em Março oficializa a concessão. Dentre presenças ilustres na assinatura, estiveram o presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes.

De acordo com o ministro, o contrato de renovação da malha paulista também deve sair em breve. Segundo o diretor presidente da Rumo, José Alberto Abreu, o investimento será alto. “Desde 2015, nós estamos pleiteando a renovação da Malha Paulista para podermos investir R$ 7 bilhões”.

Confira nossa página especial sobre notícias do Governo

A Rumo tem planos para que trens da Brado, sua subsidiária especializada na logística multimodal de carga em contêineres, estejam rodando até o final de 2019. A previsão é para o trecho da Norte-Sul entre Anápolis (GO) e Porto Nacional (TO).

O objetivo dessa operação inaugural da ferrovia é atender os polos de produção agrícola e industrial das regiões Centro-Oeste e Norte do País. Assim, serão utilizados os modernos vagões double-stack. De forma que podem carregar até três contêineres (um de 40 pés e dois de 20 pés) empilhados em dois níveis.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here