As chuvas previstas para os próximos dias devem prejudicar o ritmo da colheita de soja no Brasil. Além de atrapalhar a colheita o alto volume de água previsto pode complicar a situação na BR-163.

Acompanhe as últimas informações sobre a paralisação da BR-163

A qualidade da colheita também pode ser afetada pela chuva. “(Com chuva) na época da colheita, sempre existe preocupação, pois é a época de maior vulnerabilidade… O que pode ocasionar, a depender do volume (de chuvas), é o ‘ardido’…”, afirmou o engenheiro agrônomo e analista da Organização de Cooperativas do Paraná (Ocepar), Jhony Möller, referindo-se ao grão que recebe muita umidade e entra em fermentação.

As precipitações ficarão acima da média no Paraná, no Rio Grande do Sul, em partes do Centro-Oeste e no Matopiba, fronteira agrícola composta por Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, revelam os dados do Agriculture Weather Dashboard. Na maior parte das regiões produtoras, as chuvas devem superar os 100 milímetros, sendo que em alguns casos podem quase alcançar 200 milímetros, até o dia 22 de março.

Fonte: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here