A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), após reunião deliberativa com as mudanças de federações e sindicatos associados, informou que não participará da greve geral agendada para o próximo dia 14. A associação disse para tomar a decisão  também levou em consideração uma pesquisa realizada em suas redes sociais.

De acordo com a Abcam, em nota,  a Associação – que é ligada à Central Única dos Trabalhadores (CUT)- não tem nenhuma relação com o transportadores autônomos de cargas e sim com os trabalhadores das empresas de transporte e logística.

Além disso, destaca a preocupação com as declarações que estão sendo emitidas por diversas entidades sindicais e lideranças que se intitulam “representantes dos caminhoneiros”.

“A Associação espera que os profissionais que decidirem aderir à paralisação tenham plena consciência de suas reivindicações e não permitam ser manipulados e utilizados como massa de manobra para interesses alheios aos seus”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here